Sobre a Mensa

Missão, visão e valores

A Mensa é uma organização presente em cerca de 100 países, sendo que em 40 desses possui estrutura formal, na forma de organização sem fins lucrativos. É representada mundialmente pela Mensa International (www.mensa.org) e no Brasil pela Associação Mensa Brasil (www.mensa.org.br). Possui como missão a) identificar e fomentar a inteligência humana para benefício da sociedade; b) incentivar pesquisas sobre a natureza, características e usos da inteligência e c) fornecer um ambiente intelectual e socialmente estimulante para seus membros. A Mensa se propõe a cumprir tais objetivos por meio de seus programas, tais como os SIGs (grupos de debate e pesquisa sobre assuntos variados) e o Sight (de troca cultural entre membros que estejam em viagem por todo o mundo) e ainda por meio da Fundação Mensa (prêmios e bolsas para fomentar usos da inteligência em benefício da sociedade).

Apresentação

Alto QI

As habilidades que constituem a inteligência são muitas, o que torna a inteligência, portanto, multidimensional e maleável. Existem capacidades intelectuais determinadas geneticamente e existem capacidades intelectuais determinadas por fatores ambientais. Saiba mais sobre inteligência, QI e superdotação clicando nos respectivos links abaixo

Saiba mais

CARACTERÍSTICAS EMOCIONAIS DOS SUPERDOTADOS

 

Yolanda Benita (2007) elenca algumas características emocionais dos comportamentos dos superdotados e a Webb (1993) traz alguns atributos que são comuns entre eles, sugerindo que estes indivíduos experienciam mais frequentemente problemas de ordem social e emocional (atenção, não confundir problemas de ordem social e emocional com DIFICULDADES de ordem social e emocional que já podem representar algum tipo de transtorno do tipo TDAH, TODO ou Asperger)…

Leia Mais

CARACTERÍSTICAS DA SUPERDOTAÇÃO

 

De uma forma bem simples e didática, as características que usualmente as crianças superdotadas apresentam e que costumam ser percebidas pelos pais e seus cuidadores, no dia a dia, e que têm motivado a procura dos pais por uma avaliação neuropsicológica para identificar eventual superdotação. Tais características foram extraídas da Cartilha Saberes e Práticas da Inclusão, organizada pela Secretaria da Educação Especial do MEC, 2006…

Leia Mais

A curiosidade das pessoas em relação às definições da inteligência existe há muitos anos e as tentativas de defini-la estão presentes em seu dia a dia fazendo com que seja vista como sinônimo de “QI”, “habilidade mental geral”, “testes de performance cognitiva”, entre outras nomenclaturas que acabam por simplificar um assunto tão amplo e importante. Dicionários online podem ajudar a esclarecer tais dúvidas, porém, oferecem definições resumidas, como “inteligência é a capacidade para adquirir e aplicar conhecimento”, “inteligência é a habilidade para aprender, entender ou lidar com situações novas” ou ainda definindo o tema com palavras como “entendimento; intelecto; mente”. Esta busca incessante em compreender o que a inteligência pode ser, pode estar associada ao grande valor ofertado dentre as culturas contemporâneas para o título de “indivíduo inteligente”, tornando-o algo de grande desejo social. Nesse sentido, educadores, psicólogos, cientistas sociais, dentre outros profissionais envolvidos com o tema, argumentam que é difícil esquivar-se das noções populares e fazer com que as definições científicas sejam valorizadas (Roberts & Lipnevich, 2012)…

Leia Mais

DO CUIDADO QUE OS PAIS DEVEM TER AO PROCURAR PROFISSIONAIS PARA AVALIAR UMA CRIANÇA COM INDICATIVOS DE SUPERDOTAÇÃO

Primeiramente, convém iniciar este texto, informando que uma avaliação psicológica ou neuropsicológica, para apurar se uma criança tem ou não superdotação, não deve se centrar tão somente no fato de se a criança tem ou não superdotação e parar por aí. A avaliação deve incluir, além dos testes de inteligência, também uma anamnese completa e detalhada, incluindo perguntas sobre os pais, as condições da gravidez da criança, o parto e o seu desenvolvimento até a data da avaliação, bem como o profissional deve fazer uso de outros testes neuropsicológicos, de acordo com as características, queixas, sintomas e comportamentos relatados pelos pais, pela escola e observados pelo profissional, em consultório. Isto porque, por vezes, além da superdotação a criança pode apresentar outras características que podem pertencer a um outro diagnóstico, sendo os mais comuns o de TDAH, a Síndrome de Asperger, a Ansiedade, e outras alterações do Neurodesenvolvimento…

Leia Mais

Quem Somos

A Mensa é a maior, mais antiga e mais famosa organização de alto QI do mundo. A palavra Mensa significa “mesa” em Latim, como é simbolizada no logotipo da organização, e sua marca foi criada de forma a demonstrar a natureza de mesa-redonda da organização: a união de iguais.

Roland Berrill, advogado australiano, e Lancelot Ware, consultor jurídico e cientista inglês, fundaram a Mensa na Inglaterra em 1946. Eles tiveram a ideia de formar uma organização para pessoas brilhantes, cuja única condição de entrada era possuir um alto QI. O crescimento inicial da Mensa deu-se na própria Inglaterra e aos poucos foi tomando corpo na Europa. A constituição da Mensa enumera três finalidades: identificar e fomentar a inteligência humana para o benefício da humanidade; incentivar pesquisas sobre a natureza, características e usos da inteligência; e fornecer um ambiente intelectual e socialmente estimulante para seus membros.

A organização também está envolvida, principalmente por meio da Fundação Mensa, em programas para crianças superdotadas (chamados geralmente como “gifted youth programs” no restante do mundo), alfabetização e bolsas de estudo, além de palestras e debates a respeito de QI e inteligência.

A Mensa admite candidatos cujos QIs estejam acima de 98% da população em geral (percentil 98). Tal admissão é realizada por meio de testes de QI realizados junto a profissionais habilitados. Na Europa a Mensa administra seus próprios testes, enquanto que em países como EUA e Brasil utiliza testes padronizados, referendados pelos órgãos regulamentadores locais. Cada grupo nacional da Mensa possui suas próprias regras e procedimentos para aplicação de testes, o que pode variar dependendo da legislação e regulamentação local. Dado que testes diversos são parametrizados de forma diferente, não é significativo comparar pontuações totais entre testes, e sim somente os percentis.

Nos EUA, a Mensa cresceu muito rapidamente nos anos 60, muito em função da possibilidade de uso dos testes SAT e GRE (os mesmos usados para admissão em colleges e faculdades. Tais testes têm boa correlação com a psicometria envolvida nos testes de QI). No Brasil, a Mensa foi instalada em 2000, formalizada em 2002 (com CNPJ, na forma de organização sem fins lucrativos: Associação Mensa Brasil) e rapidamente a filial brasileira alcançou 300 membros, viabilizando o primeiro evento internacional da Mensa (IBD: International Board of Directors) em 2003 no Rio de Janeiro.

A organização está presente em mais de 100 países, sendo que em 40 há Mensas nacionais formalizadas (geralmente na forma de pessoa jurídica sem fins lucrativos). A Mensa Internacional possui uma estrutura que delega a administração a grupos nacionais organizados. São três as categorias de “Mensas Nacionais”: A Emerging, a Provisional e a Full. A última é a com maior grau de autonomia. Para uma Mensa Nacional ser promovida de categoria é necessário ter progressivo aumento de número de membros, além da promoção de atividades de intercâmbio e benefícios para os membros existentes. Os presidentes das Mensas Nacionais Full formam o IBD (International Board of Directors). Para uma Mensa Nacional ter direito a um voto neste conselho, é necessário pelo menos 500 membros ativos. Uma Mensa Nacional pode ter direito a mais de um voto, proporcionalmente ao número de membros que esta possui. Nos países onde não existem Mensas Nacionais organizadas, os membros são filiados diretamente à Mensa Internacional.

Primeiro teste da Mensa Brasil (da esquerda para a direita: Carlos Leite; Ed Vincent, diretor-executivo da Mensa International; Joel Teixeira; Airton Deppman). SP, 2000

 

Possui membros de destaque, como Arthur C. Clarke (escritor de ficção), Isaac Asimov (escritor de ficção científica), Scott Adams (quadrinista), Markus Persson (Minecraft), John Mcafee (TI), Geena Davis (atriz), Tim Berns Lee (inventor da internet), Dan Brown (escritor) e, no Brasil, Lucas Di Grassi (piloto), Fábio Luiz Lopes de Magalhães (diplomata), Pierluigi Piazzi (professor e escritor), Leandro Leite Leocádio (escritor), Roger Moreira (músico), Alexey Dodsworth (escritor), Eduardo L’otellier (CEO da startup Getninjas) e Alberto Delisolla (hipnotista). Outros membros notórios podem ser verificados na página Lista de Mensans.

Em agosto de 2006, a Mensa comemorou em Orlando (Florida, EUA) seus 60 anos de fundação em evento chamado World Gathering (WG). Em 2016 foi a vez de Kyoto (Japão) sediar o evento. Em 2021, a comemoração de 75 anos da Mensa ocorrerá em Houston (EUA) e prevê a participação de mais de mil membros.

A Mensa no Brasil

Instalada desde 2000, no Brasil a Mensa chegou formalmente em 2002, crescendo rapidamente e justificando o primeiro evento internacional do país: o IBD 2003, no Rio de Janeiro. Naquele ano a Mensa Brasil se tornava Mensa Nacional com o status Full (cumprindo todos os requisitos para se tornar um grupo reconhecido da Mensa).

Janeiro. Naquele ano a Mensa Brasil se tornava Mensa Nacional com o status Full (cumprindo todos os requisitos para se tornar um grupo reconhecido da Mensa).

O grupo fundador da Mensa Brasil foi formado por Joel Augusto Ribeiro Teixeira, Célia Maria Kira, Ricardo Soares Silva, Sandro Akira Sakurai, Fernando Bernardes de Oliveira Caiuby, Carlos Moreira Leite, José Octávio de Carvalho Pineda, Cristina Schöder Mariath Mantovani, Ilson Luiz Pereira, Cássio Vicentini, Pierluigi Piazzi, Douglas Honório, Rogério Carlos Vieira Maciel, Fábio Augusto Polonio e Sergio Nader de Cunha Sado. São chamados de associados fundadores. Antes de haver a Associação Mensa Brasil, filial brasileira da Mensa, seus membros eram membros diretos internacionais (Direct International Members, ou DIM).

Happy hour da Mensa. RJ, 16/3/2002

 

O primeiro membro brasileiro filiou-se como DIM no ano de 1978 (Rodrigo Samarco Pisanti), mas foi Carlos Leite quem primeiro procurou a Mensa International via carta (à época) afim de reunir os membros e formar o grupo nacional. Joel Teixeira, que posteriormente se tornaria o primeiro presidente da Mensa Brasil, criou o primeiro Special Interest Group (SIG) no Brasil via Onegroup (depois comprado pelo e-Groups; depois comprado pelo Yahoo e que se tornou Yahoo Groups). Hoje a maioria dos SIGs da Mensa estão no Facebook e no Whatsapp.

primeiro anúncio de testes. SP, 2000

 

Por diversos anos a Mensa editou o Jornal Mensa Brasil, para público interno. José Rolim Valença, membro número 1 da Mensa Brasil, foi o primeiro editor do Jornal Mensa Brasil. Clique aqui e vá até o final da página para ler algumas edições antigas. Em maio de 2017 a Mensa obteve registro de ISSN (2594-8989) e passou a editar suas publicações em novo formato: a Revista Mensa Brasil (edição mais recente em www.mensa.org.br/revista), para o público amplo.

AG RJ, 2010. Na foto, Maria Lúcia Sabatella

 

Em 2011 a Mensa promoveu mundialmente o Mensa Brilliants Day, afim de comemorar seus 65 anos. O evento brasileiro ocorreu no Rio de Janeiro, com entrada gratuita e em formato aberto ao público com palestras, testes de admissão e sessões de jogos de tabuleiro. Outros 19 países realizaram eventos semelhantes.

 

Em 2017, com atraso, a Mensa Brasil aprovou sua primeira revisão estatutária, para se adequar ao novo Código Civil brasileiro e em 2018 a Mensa Brasil conquistou seu primeiro voto junto ao conselho de dirigentes da Mensa Internacional (IBD), ao preencher todos os requisitos para tal. Naquele ano a Mensa Brasil lançou o Jovens Brilhantes, seu programa de “gifted youth” alinhado às iniciativas de outras Mensas nacionais, para integrar jovens de 13 a 17 anos à comunidade mensan.

Pierluigi Piazzi palestra durante o evento AG 2004

 

Atualmente, são mais de 1700 pessoas que entraram por meio do teste de admissão da Mensa no Brasil e a maioria se concentra em São Paulo (sede da Mensa Brasil) e Rio de Janeiro. Há grandes grupos, ainda, no Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Paraná, Bahia e Distrito Federal. No mundo todo, a Mensa alcançou 150 mil membros.

Evento AG 2018 (RJ)

O nome Mensa e a suas logos são marcas protegidas e registradas, pertencentes à Mensa International Limitada.

O nome Mensa, tal como fora atribuído à organização por seus fundadores em 1946, tem crescido de forma a simbolizar um grande legado para seus milhares de membros e é internacionalmente reconhecido pelo público geral. A logo Mensa, adotada pela Mensa britânica em 1969 e pelo Comitê Geral Internacional em 1970, tem sido fundamental para promover o reconhecimento da organização.

No Brasil, a Associação Mensa Brasil é responsável pela permissão de uso do nome Mensa e de sua logo, somente para uso não-comercial por seus membros, de acordo com o manual da marca Mensa International.

Psicóloga supervisora da Mensa Brasil

Priscila Zaia – Psicóloga | Campinas (SP)
Mestre em psicologia – PUC Campinas (SP)

Doutoranda em avaliação psicológica, criatividade, inteligência e altas habilidades – PUC Campinas (SP)

 

Lista de Diretorias Executivas eleitas desde a fundação da Mensa Brasil

2018 – 2019
Diretoria Executiva
Presidente – Cadu Fonseca (Também membro do comitê de marketing e produtos da Mensa International)
Vice-presidente – João Hallage
Secretária – Marina Couto
Tesoureiro – Guilherme Barbosa
Diretora – Anna Kamilla Mach
Diretor – Alexey Dodsworth
Diretora – Simone Vollbrecht (também membro do comitê de nome, logo e licenciamento de marca da Mensa International)
Diretora – Isabelle Arkan (também diretora de eventos da Mensa International)
Diretor – Thiago Salinas

Controladoria
Auditor titular – Vitor Péricles
Auditor suplente – Danilo Figueiredo
Ombudsman titular – Edmundo Medeiros
Ombudsman suplente – Caleb Silva

2016 – 2017
Comitê Executivo
Presidente – Daniel Minahim Araujo da Silva
Vice-presidente – Sergio José Zeri Nunes
Tesoureiro – Bruno Collistet da Rocha Sanches
Secretário – Bráulio Tagliari Basílio Nunes de Sousa
1º Representante – Waldomiro Pereira Junior
2ºRepresentante – Rafael Ferreira Lopes
3º Representante – Alexandre Chaves Bergmann
1º Representante Substituto – Carlos Moreira Leite
2º Representante Substituto – Breno Gustavo Soares da Costa
3º Representante Substituto – Thiago Ferreira

2014 – 2015
Comitê Executivo
Presidente – Sergio Itamar Alves Júnior
Vice-presidente – Eduardo Corrêa da Costa
Tesoureiro – Ivaldo Silva
Secretário – Alexis Oleksiuk Efremides
1º Representante – Branca Audrá Barão
2º Representante – Priscila Hausen de Azeredo
3º Representante – Valter Rinke
1º Representante Substituto – Rafael Ferreira Lopes
2º Representante Substituto – Thiago Ferreira
3º Representante Substituto – Luiz Afonso Pessoa Rego

2012 – 2013
Comitê Executivo
Presidente – Cristiane Fabian da Costa Cruz
Vice-presidente – André Kemper Baptista
Tesoureiro – Allan Jonatan Lerma
Secretário – Douglas Honório
1º Representante – Antonio Waldir dos Santos Conceição
2º Representante – Sergio Itamar Alves Júnior
3º Representante – José Lázaro da Silva
1º Representante Substituto – Daniel Minahim Araujo da Silva
2º Representante Substituto – Marina Ocanha Rodrigues

2010 -2011
Comitê Executivo
Presidente – Cristiane Fabian da Costa Cruz
Vice-presidente – André Kemper Baptista
Tesoureiro – Leonardo Linhares Rodrigues
Secretário – Allan Jonatan Lerma
1º Representante – Paula de Pinho Falcão
2º Representante – Antonio Waldir dos Santos Conceição
3º Representante – Mônica Angela Mazzoni
1º Representante Substituto – Cristina Schroder Mariath
3º Representante Substituto – Ricardo Moreno Garoa de Paiva

2009
Comitê Executivo
Presidente – Pierluigi Piazzi
Vice-presidente – Cristiane Fabian da Costa Cruz
Tesoureiro – Leonardo Linhares Rodrigues
Secretário – Paula de Pinho Falcão
1º Representante – Antonio Waldir dos Santos Conceição
2º Representante – André Kemper Baptista
3º Representante – Pericles Vicente Filho
1º Representante Substituto – Douglas Honório
2º Representante Substituto – Ana Paula Porfírio da Silva
3º Representante Substituto – Cristina Schroder Mariath Mantovani

2007 – 2008
Comitê Executivo
Presidente – Pierluigi Piazzi
1º Representante – Antonio Waldir dos Santos Conceição

2005 – 2006
Comitê Executivo
Presidente – Joel Augusto Ribeiro Teixeira
Vice-Presidente – Célia Maria Kira
Tesoureiro – Ricardo Soares Silva
Secretário – Fernando Bernardes de Oliveira Caiuby
1º Representante – Cristina Schroder Mariath Mantovani
2º Representante – Carlos Moreira Leite
3º Representante – José Octávio de Carvalho Pineda
1º Representante Substituto – Sandro Akira
2º Representante Substituto – Pierluigi Piazzi
3º Representante Substituto – Ilson Luis Pereira

2003 – 2004
Presidente – Joel Augusto Ribeiro Teixeira
Vice-Presidente – Célia Maria Kira
Tesoureiro – Fernando Bernardes de Oliveira Caiuby
Secretário – Ricardo Soares Silva
1º Representante – Cristina Schroder Mariath Mantovani
2º Representante – Maria Luiza Fuganti
3º Representante – Mariana Milani
1º Representante Substituto – José Octavio de Carvalho Pineda

2002
Presidente – Joel Augusto Ribeiro Teixeira
Vice-Presidente – Célia Maria Kira
Tesoureiro – Fernando Bernardes de Oliveira Caiuby
Secretário -Ricardo Soares Silva
1º Representante – Cristina Schroder Mariath Mantovani
2º Representante – Carlos Moreira Leite
3º Representante – José Octávio de Carvalho Pineda
1º Representante Substituto – Sandro Akira Sakurai
2º Representante Substituto – Pierluigi Piazzi
3º Representante Substituto – Ilson Luis Pereira

Fundação Mensa
Fundada em 1971, a Mensa Education & Research Foundation é uma entidade filantrópica que se compromete a buscar a excelência na inteligência humana. Sua missão e foco estratégico são direcionados a bolsas de estudo, educação e premiações.

A cada ano a Fundação Mensa contribui com um montante de cerca de 90 mil dólares por meio de programas de bolsas de estudo. A Fundação Mensa edita e publica o Mensa Research Journal, com artigos sobre o conceito e a medida de inteligência.

Saiba mais sobre a Fundação Mensa aqui

Saiba mais sobre as bolsas de estudo internacionais da Fundação Mensa

Mensa para crianças
Mensa for kids
Criado pela Mensa Estados Unidos e patrocinado pela Fundação Mensa, MensaForKids.org (site é exclusivamente em inglês) oferece para jovens membros da Mensa nos EUA recursos para aprender e se entreter. O site inclui jogos educacionais e desafiadores, recursos para crianças, pais e professores, incluindo planos de aula, planos de atividades e conexões TED.

Mensa For Kids foi homenageada com os seguintes prêmios:
O Prêmio APEX 2011 na categoria de Publicações Eletrônicas e de Vídeo (subcategoria sem fins lucrativos/ Pequenas empresas) para a atividade online e os planos de aula do site. Das mais de 3.300 inscrições na competição internacional, apenas 100 vencedores do Prêmio Apex foram selecionados em 11 categorias principais.

O Prêmio Bronze EXCEL de 2008 para publicações online – Excelência em design de sites. O programa EXCEL avalia anualmente mais de 1.200 revistas, boletins informativos, revistas científicas, publicações eletrônicas e sites.

MensaForKids.org

Seus Direitos

Clique nos respectivos links para saber mais sobre o que constitui direito de quem tem altas habilidades

Base normativa

Clique nos respectivos links para conhecer os textos legais e normativos sobre ensino especial, ao qual têm direito os públicos de superdotação e altas habilidades

Prêmios e bolsas

Clique nos respectivos links para conhecer as iniciativas da Mensa para incentivar o bom uso da inteligência em benefício da sociedade

O Prêmio Pierluigi Piazzi busca reconhecer pessoas que promoveram, conjugaram, coordenaram ou implementaram iniciativas ou projetos cujos resultados apresentem benefícios à humanidade, demonstrando uso da inteligência em seus esforços.

Fundada em 1971, a Mensa Education & Research Foundation é uma entidade filantrópica que se compromete a buscar a excelência na inteligência humana. Sua missão e foco estratégico são direcionados a bolsas de estudo, educação e premiações.