Jovens Brilhantes

Participe desta rede exclusiva!

O programa Jovens Brilhantes foi lançado pela Associação Mensa Brasil, braço brasileiro da Mensa, para auxiliar jovens a lidar com condição de alto QI (percentil 98 ou superior, de acordo com as regras da Mensa em todo o mundo).

Para participar, o(a) jovem deve ter entre 13 e 17 anos e ter feito avaliação de QI válida para entrada (clique aqui para saber quais os testes aprovados pela Mensa). Os pais são convidados a participar de algumas das atividades.

O projeto possui três frentes de trabalho: Virtual (ambiente para os jovens membros), Presencial (com os pais, inclusive) e Convênios (vantagens obtidas pela Mensa para baratear cursos e outras atividades de interesse de jovens com alto QI)

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil possui cerca de 5% da população com superdotação/altas habilidades. Aplicando esse número à população escolar, teríamos cerca de 2,4 milhões de crianças com SD/AH. Mas de cordo com os dados do Censo Escolar 2016, havia apenas 15.751 alunos com tais características sendo atendidos. E de acordo com dados mais recentes (Diagnóstico Unesco/MEC, de 2017), são apenas 10.256 alunos com superdotação/altas habilidades recebendo atendimento adequado

Saiba mais

OMS: Número de potenciais alunos SD/AH

2,4 milhões de potenciais alunos SD/AH

Unesco (2017): Número de alunos atendidos

10.256 alunos atendidos

INEP (2016): Número de alunos atendidos

15.751 alunos atendidos